quinta-feira, 15 de junho de 2017

Uma forma de ser feliz no Portugalinho corrupto!




O sr. Carlos César, o dos Açores, arranjou uma bela maneira de ser feliz. Arranjar emprego para toda a família com a velha fórmula bolchevique -  à qual o PS se agarrou há muito, sem vergonha alguma.
O que fez (e faz) o sr. César? Espalhou todo o seu clã pelos mais variados ramos da administração pública. Sem pingo de vergonha, acomodado nos amigos socialistas que, quem os ouça, são os mais puros lusitanos! Todo o clã, segundo noticia do Observador, está em cargos de nomeação ou eleição politica. Primeiro foi a esposa, depois o filho, a seguir o irmão e a nora, e agora a sobrinha. Não há família mais feliz. Como, pelos vistos, as famílias socialistas, bloquistas e comunistas. Não foi por acaso que enveredaram por esta forma de governança! Para as suas famílias serem felizes.
Inês Bastos / Raquel LitoAinda recentemente um amigo do dr. Costa foi nomeado para a Tap. E o que disse o presidente Marcelo sobre isto? Que agora era assim, mas que para o futuro se haveria de ver. Ou seja, deixar tudo como dantes – no lodaçal. E o que disseram os comentadores? O mesmo. Santana Lopes e António Vitorino, não viram nada de errado nesta nomeação!
Está tudo dito. Não por acaso, a nossa administração pública, deste Portugalinho feliz, é a mais corrupta da Europa!

Sem comentários:

Enviar um comentário